Nutrição, saúde, exercício físico, reeducação alimentar.

Antioxidantes combatendo os radicais livres



De acordo com a Anvisa, Antioxidantes são substâncias (vitaminas, minerais, pigmentos naturais e outros compostos vegetais) que retardam a deterioração, rancidez e descoloração de alimentos, eles podem ser artificiais (usados na indústria de alimentos) ou naturais (encontrados no próprio alimento), isso porque os antioxidantes bloqueiam a ação de substâncias danosas, como os radicais livres. 

O termo Antioxidante significa: que impede a oxidação de outras substâncias químicas.  

A presença de antioxidantes em alimentos é muito importante para a preservação do alimento e consequentemente para a saúde dos consumidores. Porém, o uso de antioxidantes artificiais vem sendo posto em dúvida quanto os possíveis danos a saúde, por isso, pesquisas tem investido no estudo de antioxidantes naturais.

Alguns estudos demonstram que alimentos que sofreram oxidação, mesmo que de forma moderada, são bastante aterogênicos (potencializam a formação de placas de gorduras nas artérias), alteram o LDL (que também contribui para a formação  das placas) e ainda danos de nas células, nas artérias e danos de mutação. Essas alterações provocam o desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis como as doenças cardiovasculares e o câncer.

Quando a reação se dá com as proteínas ocorre alterações da digestibilidade e biodisponibilidade dos aminoácidos essenciais, ou seja, menos aminoácidos importantes para o organismo serão absorvidos.

No organismo humano, os radicais livres são moléculas que possuem um número impar de elétrons e por isso eles reagem com as substâncias ao redor, oxidando-as. Em outras palavras, os radicais livres são substâncias que "estão desocupadas" no organismo e para ter alguma ocupação eles "roubam" elétrons de outras substâncias, o que causa prejuízo no organismo. Os antioxidantes doam elétrons para esses radicais livres.
 
Esses antioxidantes são encontrados em alimentos principalmente os vegetais, por isso se orienta e incentiva o aumento do consumo de frutas e hortaliças, especiarias (orégano, salsa, alecrim, manjericão, tomilho, etc) e alimentos integrais. O preconizado de frutas diariamente é de 3 a 5 porções e de hortaliças é de 4 a 5 porções.

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.