Nutrição, saúde, exercício físico, reeducação alimentar.

Fibras alimentares solúveis e insolúveis: Qual a diferença?



Hoje mais do que sempre vem se mostrado a importância da utilização das fibras alimentares nas refeições. Muitos estudos têm demonstrado seus benefícios para a saúde, desde o conhecido benefício na regulação intestinal (tratando a constipação, famosa “prisão de ventre”) até mesmo o próprio câncer de intestino. O recomendado diário de ingestão de fibras é de 25 a 30g para um adulto saudável. 

As fibras alimentares estão presentes em alimentos de origem vegetal, são  carboidrato (com exceção da lignana). Devido a sua composição elas não são absorvidas pelo nosso organismo, por isso não fornecem calorias. A melhor forma de utilizar a fibra é no alimento in natura (por exemplo com casca, sem cozimento – já que esse processo abranda suas propriedades). 

Existem dois tipos de fibras e cada uma exerce uma função específica para a saúde: 

Fibras solúveis – Ela proporciona um maior tempo de exposição dos nutrientes no estômago, o que melhora a digestão deles. Também atuam na velocidade do trânsito intestinal, melhorando o funcionamento do intestino. Ajudam na melhoria da diarreia, inflamações intestinais e câncer de cólon. Também formam uma camada superficial na mucosa intestinal que regula a absorção de gordura e açúcares, reduzindo a absorção da glicose e do colesterol. Elas são fermentadas no intestino e assim serve de nutrientes para as bactérias benéficas do organismo, inibindo o desenvolvimento de bactérias maléficas, o que promove o fortalecimento do sistema imunológico. 

Fibras insolúveis – presente principalmente em farelos de cereais. A principal função desse tipo de fibra é a intestinal, pois possuem uma grande capacidade de retenção de água e isso facilita a eliminação do bolo fecal, diminuem o tempo de trânsito intestinal e tornam as fezes mais macias, devido essas funções é capaz de melhorar a constipação e as doenças relacionadas como a hemorroidas, varizes e diverticulite . Ao reter a água ela engloba também possíveis substâncias cancerígenas podendo atuar na prevenção do câncer de cólon. Suas principais fontes são: o farelo de trigo, pães integrais, cereais matinais, frutas maduras e vegetais como o brócolis e o feijão.  Essas são algumas das funções benéficas das fibras alimentares. Aumente o consumo desse tipo de nutriente através do aumento do consumo de frutas, verduras e cereais integrais. 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.