Nutrição, saúde, exercício físico, reeducação alimentar.

Batata doce com frango. Indispensável para o resultado do treino?



Hoje vamos conversar sobre dois alimentos que são bastante consumidos por praticantes de exercício físico, tanto aqueles que desejam o emagrecimento, quanto àqueles que desejam o ganho de massa muscular. Não é difícil se ver nas redes sociais publicações com pratos a base de peito de frango e batata doce. Mas qual o motivo desse crescente consumo? É de fato indispensável o frango e a batata doce para o resultado do treino?

Primeiramente vamos entender o motivo da escolha desses alimentos:

A batata doce é um carboidrato de baixo índice glicêmico, ou seja, ele leva um maior tempo a ser absorvido e assim evita o que é chamado de pico de insulina, que anteriormente era associado com o ganho de peso (alimentos com alto índice glicêmico como os doces, por exemplo, tendem a elevar a glicemia de forma rápida e com isso contribuiria para o ganho de peso). Só que é necessário fazer algumas ressalvas, primeiro, o processo de cozimento deixa o carboidrato da batata doce mais disponível, o que eleva o índice glicêmico e em segundo lugar a retirada da casca (como é de costume ser consumida) também promove o aumento do índice glicêmico, pois reduz a quantidade de fibras disponíveis. Logo, esse argumento não pode ser utilizado.

O peito de frango geralmente é escolhido por ser uma boa fonte de proteína ao mesmo tempo em que é pobre em gordura. É verdade, mas também existem outras boas fontes de proteína como o peixe e até mesmo alguns cortes de carne vermelha, por isso o ideal é variar os tipos de carnes.

Entendendo que esses argumentos escolhidos para o consumo quase exclusivo do frango com batata doce não são tão bem fundamentados. Vamos entender os problemas que essa atitude pode provocar:

1° Deficiência de micronutrientes (vitaminas e minerais) - uma alimentação enquanto mais variada fornece uma maior variedade de nutrientes. A monotonia das cores por meio de uma alimentação repetitiva pode ocasionar danos de saúde relacionados à deficiência dessas vitaminas e minerais.

2° Abandono da dieta e desestímulo – é muito comum em dietas restritivas o abandono e o que é pior, o retorno ao peso anterior ou até o ganho a mais. Isso acontece pois a pessoa já não pode consumir outros alimentos que lhe agradam o que acaba cansando e desistindo da dieta.

Para terminarmos, não quero dizer aqui que não se deve consumir o frango e a batata doce, pelo contrário são alimentos nutritivos, mas devem fazer parte de um contexto alimentar saudável, de forma alguma deve ser utilizada de forma excessiva, como tem se visto pessoas até mesmo no café da manhã e nos lanches consumindo essa combinação. Lembre-se que um cardápio saudável e variado além de contribuir para seus resultados também contribuirá para a sua saúde.

Nunca treine ou faça dieta por conta própria ou por orientação de blogueiros ou amigos. Para o seu resultado é necessário procedimentos individualizados, cada organismo responde de uma forma e tem necessidades especificas.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.