Nutrição, saúde, exercício físico, reeducação alimentar.

Glúten: é necessário retirar?




Olá pessoal, essa semana  vamos conversar um pouquinho sobre a retirada do glúten da dieta (que hoje está na maior moda).

Vamos começar entendendo o que é o glúten:
O glúten é uma proteína presente em alguns cereais como: trigo, centeio, aveia, cevada e malte.

O glúten faz mal a saúde?
Depende - o glúten só faz mal para pessoas que desenvolvem a doença celíaca ou qualquer outra intolerância ao glúten.
Para quem tem a intolerância, ao consumir algum alimento com esses ingredientes (trigo, centeio, aveia, cevada ou malte) o organismo entende como ameaça e não como alimento e reage. As reações do organismo podem ser: inchaço na barriga, dores abdominais, diarreia, perda de apetite, vômito, anemia e fadiga. Se você consome esses alimentos e tem essa sensação é necessário fazer um exame de sangue específico para doença celíaca e se ainda der alterado é necessário uma biópsia do intestino delgado.

Apesar de não fazer mal (para a maioria das pessoas) muita gente tem retirado o glúten com o objetivo de emagrecimento.

Mas, retirar o glúten ajuda mesmo a emagrecer?
Essa ideia apenas faz parte desse conjunto de modinhas para perda de peso. O que acontece é: geralmente os alimentos que contém glúten são também bastante calóricos, sendo assim, ao reduzi-los ou retirá-los a diferença será evidenciada. Mas esses alimentos também são importantes para a saúde e devem ser consumidos controladamente, mas não retirados da dieta de pessoas que não apresentam a necessidade patológica.

Inclusive o Conselho regional de nutricionista - 3° região - elaborou um parecer sobre essa questão. A conclusão é que não existe embasamento científico para retirar o glúten da população em geral e os nutricionistas que sugerirem esse tipo de dieta estão infligindo o código de ética da profissão.

Para ler todo o parecer, clique aqui.

Existe uma linha de pesquisa que tem relacionado o uso excessivo de alimentos que contenham glúten ao desenvolvimento da intolerância, que faz muito sentido, mas isso só nos faz pensar naquilo que sempre conversamos: o equilíbrio - não é bom comer excessivamente nenhum tipo de alimento, inclusive os que consideramos saudáveis.

Então queridos, acho que devemos ter muito cuidado: 1° com as dietas da moda e 2° com o excesso de determinados tipos de alimentos, lembre-se que o equilíbrio sempre é melhor.

E você, tem alguma experiência para nos contar? Você é ou conhece algum celíaco? Já retirou/reduziu o glúten, como você se sentiu? Gostaria de ouvir um pouco. Participa conosco.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.