Nutrição, saúde, exercício físico, reeducação alimentar.

Sal: refinado, marinho, light. Qual escolher?


Imagem: http://meatleaders.com.br/blog/category/curiosidade/


Se você for antenado no mundo das dietas, vai saber que ultimamente tem se falado em muitos tipos de sal: sal marinho, sal do Himalaia e sal light são apenas alguns.

Basicamente existem quatro tipo de sal e daí se derivam os outros:

1° sal de cozinha - mais comum, é o sal refinado e enriquecido com Iodo desde 1920, como forma de combater uma epidemia de Hipertireoidismo.

2° sal marinho - mesma quantidade de sódio mas mantem os micronutrientes, pois não sofre o processo de refinamento como o sal de cozinha. 

O sal do Himalaia, Sal do Havaí, Sal preto, Sal cinza são tipos de sal marinho, cada um com cor própria dependendo de onde vem e quais minerais contem. 

O Sal defumado é cinza. a defumação acontece sobre as chamas de madeira e dá sabor especial aos pratos temperados com ele.

3° sal Kosher - usado para o preparo de carnes kosher pois remove rapidamente o sangue. Não é iodado, mas acredita-se que é melhor para cozinhar, é mais denso.

4° sal de Rocha - existe impurezas não comestíveis, o uso culinário é apenas externo, por exemplo, para fazer o sorvete congelar mais rápido ele é espalhado ao redor.


Outro tipo de sal é o hipossódico. Podem ser de dois tipos:

"sal com reduzido teor de sódio" - fornece 50% no máximo do teor de sódio contido na mesma quantidade de cloreto de sódio (sal normal). Também chamado Sal Light. No rótulo deve ter a orientação: Usar preferencialmente sob orientação de médico e nutricionista.

"sal para dieta com restrição de sódio" - fornece 20% no máximo do teor de sódio contido na mesma quantidade de cloreto de sódio. Também chamado Sal Diet. Deve constar no rótulo: utilizar apenas sob orientação de médico ou nutricionista.


O sal Light é uma boa opção para o controle da hipertensão, mas para pessoas que apresentam problemas no coração, nos rins ou diabetes deve procurar um nutricionista antes de consumi-lo. O melhor mesmo é buscar orientação antes de decidir usá-lo.


0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.